É impossível uma relação gratificante se você é cheio dos contatinhos

 In Comportamento, Relacionamento
Texto de Ivonete Rosa | @ivoneterosa.escritora

É impossível uma relação gratificante se você é cheio dos contatinhos

Vivemos tempos de amores descartáveis, substituídos num piscar de olhos. O tempo todo vemos, nas redes sociais, romances cinematográficos que viram contatos bloqueados, sem pestanejar. Nunca o amor e a indiferença andaram tão juntos.

Nesse cenário, há uma geração que se comporta como se o Universo girasse em torno do próprio umbigo. Sem generalizar, as pessoas estão focadas no “eu quero e pronto, dane-se”! A pessoa entra nas redes sociais, vê alguém que desperta o seu interesse e pronto, isso basta. Pouco importa se a pessoa é comprometida, esse detalhe é irrelevante.

Mensagens são trocadas, nudes também. E daí se o envolvimento com essa pessoa gerar a destruição de uma família? Isso não é problema. Não precisa de sentimento, basta uma atração física para que uma relação de décadas vá para o lixo.

Ter um relacionamento confiável em tempos de redes sociais tornou-se um desafio. Você se relaciona contando com a possibilidade de haver uma chuva de “contatinhos” investindo em seu(a) parceiro(a) e precisa contar com a ideia de ele(a) estar retribuindo isso. É brincar de roleta russa.

Afortunados são aqueles que possuem um parceiro fiel e leal. É que a traição não se resume a estar fisicamente envolvido com outro. Um parceiro de verdade se coloca no lugar do outro, ao ponto de evitar situações que possam magoá-lo.

Existem tantas opções para um relacionamento, o mundo está abarrotado de pessoas carentes e desesperadas por uma companhia. Contudo, as pessoas não conseguem lidar com tanta oferta. Muitos encontram uma parceria bacana, mas por não quererem abrir mão dos contatinhos, acabam jogando fora a oportunidade de viver algo gratificante.

Elas querem tudo ao mesmo tempo, querem alguém que as levem a sério e querem manter uma vida descompromissada. E como acabam?  Sozinhas e frustradas, na ilusão de serem desejadas por muitos quando, na realidade, não tem ninguém que se importe de verdade. Toda escolha requer concessões.  Não é possível um relacionamento próspero se você não está disposto a pagar um preço por ele.

Posts Recentes

Deixe um Comentário